lua_sangue

Qual o significado da Lua de Sangue? Saiba o que ela traz

Neste domingo (27), por volta das 23h30, a Lua entrou em sua fase Cheia e chegou acompanhada de um eclipse total no signo de Áries, prometendo algumas mudanças importantes a todos nós. Além de acompanhada de um eclipse, ela estará em seu grau máximo de aproximação com a Terra e por isso, é chamada de "Lua de Sangue" ou "Superlua".

Veja também: 

Antigamente os eclipses traziam uma aura de fatalidades e, mesmo nos dias de hoje, a maioria das pessoas se assustam quando os eclipses acontecem, pois essa energia continua impregnada no inconsciente coletivo. Estamos no século 21, nos aproximando cada vez mais das energias de Aquário e, acima de qualquer coisa, devemos entendê-los como agentes de mudanças, que são todas necessárias às nossas vidas, pois estão atreladas ao nosso carma ou destino.

Nós, ocidentais, costumamos tremer quando ouvimos a palavra "mudança", sem nos darmos conta de que a maior lei da vida, a que faz realmente nossas vidas caminharem, é a Lei da Transitoriedade. Mudanças são absolutamente necessárias ao nosso crescimento, e a maioria delas são boas, apesar de, muitas vezes negarmos.

Arianos e librianos sentirão com mais força a energia desencadeada por esse evento. Durante aproximadamente, seis meses, nossas vidas passam por transformações, que devem acontecer isentas de nosso controle. Veja a influência da Superlua ou Lua de Sangue em cada signo nas previsões do horóscopo desta semana.

Apesar de todo o medo desencadeado pelo eclipse, esta fase lunar chega em ótimo aspecto com Saturno, nosso grande mestre, prometendo trazer mudanças voltadas para a criação de novas bases e estruturas para nossas vidas. Cada signo sentirá a força desse evento em um setor específico de suas vidas, mas especialmente nos relacionamentos, pessoais ou profissionais, serão mobilizados. Nada que não esteja atrelado ao nosso destino permanece sem, ao menos, uma pitada de transformação.

Devemos manter o autocontrole, não nos deixar dominar pelos receios e ficar bastante atentos aos sinais, que nos mostrarão os novos caminhos. Não devemos, de maneira alguma, temer pelo pior, pois esse eclipse não chega para destruir, e sim, para construir uma nova fase de vida, com boas bases e estruturas.

Vamos focar no melhor que a vida pode nos oferecer e vibrar positivamente, deixando as inseguranças para trás e acreditando em uma vida mais agradável, leve e prazerosa. Devemos dar mais um passo na direção de nosso destino e do destino da humanidade. E devemos, acima de tudo, manter um sentido de ética, para que o novo caminho não nos gere um carma negativo.