Escorpião e Capricórnio

Esta pode ser uma interessante combinação, contanto que um não tente dominar o outro da mesma maneira. Se conseguirem superar e respeitar as diferenças e as semelhanças, que podem estar presas à sombra de cada um, o relacionamento tende a ser bastante bom.

Escorpião é filho de Plutão e possui um mundo emocional altamente rico e profundo. Capricórnio é altamente emocional, mas não costuma expor nada do que sente. Esse pode ser um ponto de conflito, quando Escorpião sentir-se carente e Capricórnio mantiver a distância e a frieza tão comum ao seu comportamento. No entanto, o pragmatismo capricorniano pode funcionar como um chão firme para Escorpião pisar, já que vive num mar de difíceis e incontroláveis emoções.

Capricórnio é estável emocionalmente, mas pode ser muito frio quando de trata de paixões, o que pode ser outro ponto difícil para o casal. As cobranças escorpianas, ou a insatisfação velada pode, com o tempo, envenenar a relação.

Ambos sabem ser frios e cínicos quando querem e quando a raiva tomar conta deles, em uma briga por exemplo, tudo pode ficar muito complicado para os dois. Vai ser como uma disputa de braço de ferro e nem um nem outro vai querer abrir mão de si mesmo pelo outro. Quando existe maturidade, o relacionamento pode ser muito bom e equilibrado, pois possuem alguns pontos em comum. Ambos são ambiciosos e um pode ajudar o outro no alcance de seus objetivos: Escorpião é sensível e intuitivo e Capricórnio sabe concretizar rapidamente qualquer projeto ou idéia.

Ambos são determinados e por isso quando decidirem por algo nada e ninguém conseguirá detê-los. Se estiverem juntos em um projeto, seja pessoal ou profissional, certamente o projeto será um sucesso. Precisam apenas controlar a obsessividade e necessidade de controle, pois isso pode ser um problema nessa relação.

Capricórnio é sério, o que dará a segurança necessária ao desconfiado Escorpião. Escorpião é fiel e leal, o que dá a Capricórnio o ímpeto de lutar pela relação, de construir uma vida ao lado de seu companheiro ou companheira. Portanto, esse relacionamento tem tudo para dar certo, desde que saibam os limites de cada um, pois ambos são autoritários e teimosos.

Escorpião e Áries

Este relacionamento pode ser bastante quente, mas esse fogo e intensidade pode passar do limite e colocar fogo em ambos, até destrui-los. Falta de intensidade não será característica deste relacionamento, mas intensidade pode ser uma coisa boa ou ruim; tudo vai depender de como se lida com ela. Como esse relacionamento envolve dois tipos viscerais e impulsivos, o resultado pode não ser dos melhores. Por isso, o melhor que os dois têm a fazer é aprender a respeitar os limites do outro, enquanto quiserem manter o relacionamento. Caso contrário, será como viver em um campo minado.

Uma relação explosiva, complexa e carregada de paixão deve ser cuidadosamente trabalhada. Escorpião atrai Áries de maneira irresistível, pelo menos em um primeiro momento. No entanto, assim que Áries começar a sentir a sutil manipulação e tentativas de chantagem escorpianas, as coisas vão começar a ficar mais complicadas. A diferença aqui é que Áries é direto e transparente, já Escorpião esconde as verdadeiras intenções por intermédio de manipulações e chantagens, que pode confundir e enlouquecer um ariano mais infantil ou distraído.

No começo pode até dar certo, mas com o tempo, as brigas serão muitas e intensas e o desgaste será inevitável.

Áries é livre e independente, provavelmente nem seus pais conseguiram mantê-lo debaixo de suas asas. Detesta controle, cenas de ciumes e sentimentos de posse. Aliás, controle e sentimento de posse são emoções que não fazem parte do mundo do ariano, que muitas vezes será mal interpretado pelo excesso de liberdade que dará ao seu companheiro escorpiano.

Na cama será uma dupla explosiva, no início a paixão vai dominar ambos os signos, mas com o tempo e o desgaste pelas brigas pode trazer um desagradável sentimento de rejeição e repulsa e assim que essa chama começar a diminuir, as brigas aumentarão até chegar ao rompimento.

Escorpião e Touro

Estes são signos opostos e complementares, e esta é, sem nenhuma dúvida, a combinação mais explosiva do zodíaco. Taurinos são filhos da terra e escorpianos, da água. A terra dá forma à água, enquanto a água alimenta a terra. A sensualidade é o ponto principal desta dupla e, portanto, é Eros quem comanda a relação. A paixão será imediata e a atração, irresistível. Certamente não vão conseguir evitar o encontro, que terá o sexo como centro do relacionamento.

Mas não vai parar por aí. Se o sexo for bom, outras qualidades em comum começam a surgir. Essa dupla, que é, sem dúvida nenhuma, a mais sensual do zodíaco, colocará o sexo acima de tudo na relação.

Se essa área não for bem, esqueça, o relacionamento tende a se tornar neurótico e doentio e pode até durar, mas em um ambiente pouco acolhedor ou afetuoso. As neuroses vão tomar conta de ambos. No entanto, se vocês conseguirem um ótimo entendimento nesse setor, esse relacionamento se tornará o mais promissor de todos os que podemos encontrar.

Romantismo, sensualidade, afeto, fidelidade, estabilidade e durabilidade serão as marcas dessa dupla maravilhosa. Mas o perigo ronda sempre, quando existe intensidade de sentimentos, pois sentimentos de ciúme e possessividade que ambos possuem muito arraigados podem ser um ponto mais destrutivo da relação.

Escorpião deve tomar cuidado com a necessidade de manipulação e chantagem, pois Touro pode até demorar para perceber, por causa de sua conhecida ingenuidade, mas, quando perceber, não vai admitir joguinhos por baixo do pano. E quando se der conta da situação esbravejará e soltará fogos pelas ventas, até Escorpião se encolher.

Escorpião e Gêmeos

Esta é uma combinação difícil, a não ser que algo no mapa de ambos possa mudar essa tendência. Escorpião é um signo de água, altamente emocional e sensível, dado a aprofundamentos sobre a vida e os relacionamentos, difíceis de ser acompanhados pelo leve e superficial geminiano. Escorpião é denso e introspectivo, totalmente oposto a Gêmeos, signo aéreo, leve e descontraído.

Escorpião carrega em si angústias difíceis de resolver ou mesmo de identificar e essa maneira profunda de lidar com a vida pode deixar Gêmeos assustado e até um pouco arredio. Gêmeos não gosta de pessoas muito profundas, não por preconceito, mas por não entenderem essa profundidade. São, em sua maioria, pessoas superficiais e essa superficialidade pode irritar profundamente nosso amigo de Escorpião, podendo agir de forma destrutiva e agressiva, o que fará Gêmeos, pegar suas coisas e partir, sem nenhum culpa. E a partir disso o circo pode estar armado.

Um escorpião agressivo pode destruir a sensibilidade e leveza da nossa borboleta geminiana. Um é pura emoção, o outro puro intelecto, algo dificil de misturar-se. Mas se houver amor de fato, um pode ensinar ao outro a importância desses dois lados da vida e encontrar algum equilíbrio. Escorpião, sendo um dos signos mais fiéis do zodíaco não admitirá nenhuma gracinha geminiana nesse sentido.

Na cama podem se dar bem enquanto a relação estiver no início. Mas com o tempo, Escorpião exigirá entrega, algo que pode ser assustador para o nosso amigo geminiano.

Escorpião e Câncer

Entre esses dois signos, a emoção sempre vai ser o ponto forte. Dois signos de água em que a atração será instantânea e as emoções virão à tona com muita facilidade. Dois signos emotivos, sensíveis e loucos por relacionamentos, podem construir uma vida interessante juntos.

Escorpião é o signo que mais vorazmente precisa de relacionamentos, apesar de não demonstrar isso claramente. Escorpião é um signo de pessoas fiéis, leais e bastante determinadas a construir uma relação profunda, sensual e para toda a vida, o que vem de encontro com nosso canceriano. Ambos são fiéis e prezam pela lealdade nas relações. Ambos querem seriedade, durabilidade, entrega e dedicação, assim como fidelidade e comprometimento afetivos.

O grande problema desse casal será a capacidade que cada um tem, ao seu modo, de chantagear e manipular o outro para conseguir o que querem. A relação sempre será intensa e carregada de sentimentalismos. Pode também ser dramática nos momentos que entra em desequilíbrio, pois os medos de cada um podem ser atingidos e despertados.

A emoção é e sempre será o ponto forte e o fraco desse relacionamento, que precisa de um pouco de frieza para que nenhum dos dois seja devorado por por ela. Esse papel certamente estará nas mãos de Escorpião, que, apesar de ser altamente emotivo, sempre mantém um lado mais frio, para sua própria sobrevivência. Cenas carregadas de emoção e sentimentalismos não faltarão. O perigo está na maneira que cada um demonstra suas inquietações e raivas.

Câncer é sempre mais delicado que Escorpião. Escorpião pode ferir demasiadamente a sensibilidade canceriana com sua agressividade e necessidade de destruir. E a raiva escorpiana certamente virá à tona quando perceber as armadilhas manipulatórias de Câncer. Esta relação será marcada por forte paixão, principalmente nos momentos de intimidade, mas tem tudo para um bom entendimento.

Escorpião e Leão

Esta pode ser uma combinação perigosa, pois nenhum dos dois gosta de abrir mão do controle, do autoritarismo e do comando.

Leão, como filho do fogo, possui emoções intensas e costuma ser dramático ao expressá-las. Escorpião, é também bastante intenso, mas mais fechado e introspectivo, o que não o impede de sentir profundamente tudo o que o abala. É preciso que cada um observe bem o outro e use de sua sensibilidade para saber até onde podem ir. Se um ou outro passar do limite, as desavenças e brigas podem ser até mesmo perigosas, pois nem um dos dois consegue abrir mão de seu orgulho e dar razão para seu compenheiro.

Não é de fato um relacionamento fácil, nem tão pouco, calmo. Dois signos de grande força, orgulho e determinação juntos devem aprender a ceder, flexibilizar-se, o que pode ser algo bastante difícil para ambos. As brigas podem se tornar freqüentes, pois os dois signos são determinados e inflexíveis. O orgulho de ambos também pode atrapalhar na hora da conversa e tentativa de entendimento.

No entanto, ambos são signos fixos, fiéis e amorosos. Se aprenderem a olhar para as necessidades e limites do outro, essa relação pode até funcionar. No entanto os embates serão necessários até para que os limites fiquem bem claros. Na cama vocês podem funcionar muito bem, já que ambos gostam de bom sexo.

Escorpião e Virgem

A atração entre esses dois signos é sempre instantânea. Eles se olham e se apaixonam, não há dúvida de que algo inconsciente atrai um ao outro. Há uma energia estranhamente interessante entre esses dois signos. Não existe nenhuma afinidade real e profunda, mas é inegável que muitos casais desses signos, têm conseguido manter um relacionamento harmonioso por muito tempo. Parece incrível mesmo, mas Escorpião e Virgem costumam formar um casal harmônico e interessante.

Escorpião é passional e sexual, o que deve atrair o pudico e controlado virginiano. No entanto, as diferenças que existem entre ambos são naturalmente aceitas, como se um abrigasse o outro em seu próprio inconsciente. Parece que a diferença entre ambos colabora para o bom entendimento e equilíbrio do casal. No dia a dia, essas diferenças quase não aparecem e tudo caminha equilibradamente.

Escorpião é firme e determinado, o que pode fazer muito bem ao nosso inseguro virginiano. Ambos possuem capacidade crítica, o que pode ser bom ou ruim para o relacionamento. Virgem é controlado e racional, o oposto do nosso querido Escorpião, que perde o controle com muita facilidade, mostrando o melhor e o pior de si mesmo.

É preciso estabelecer e deixar claros os limites já que são dois signos independentes e autoritários. Pode até ser por isso que ambos se respeitam tanto e não permitem que a sombra de cada um venha à tona. Mas a ambição, a capacidade analítica, o temperamento fechado e receoso, isso tudo faz com que o casal vibre em ótima sintonia. O perigo está na necessidade de ficar dentro de seu próprio mundo, pois ambos são reservados, misteriosos e possuem um mundo particular, não permitindo passagem de qualquer pessoa, mesmo as mais íntimas têm dificuldade em entrar em seus mundos pessoais.

Virgem pode trazer a Escorpião um pouco mais de racionalidade para lidar com os problemas mais simples e Escorpião pode ensinar Virgem a delícia que é a entrega afetiva. Na cama, ambos se complementam.

Escorpião e Libra

Num primeiro momento haverá interesse, especialmente de Escorpião, pelo senso estético e refinamento de Libra, que na verdade encanta qualquer signo. No entanto, com o passar do tempo, Libra pode começar a estranhar tanta visceralidade e a incapacidade racional de Escorpião.

Libra é um signo que funciona através de elaborações mentais e Escorpião, na maioria das vezes, sabe bem o que significa pensar antes de agir ou reagir. Escorpião é visceral, totalmente diferente do nosso amigo de Libra. A sedução será uma marca desse casal, mas cada um à sua maneira. Libra pode se assustar com a falta de refinamento sexual de Escorpião, já que o refinamento é uma das maiores e melhores marcas desse signo. Para os librianos toda expressão humana deve estar carregada de equilíbrio e principalmente de refinamento.

Especialmente a sedução deve vir acompanhada de arte, de sutilezas que Escorpião, quando se trata de sexo, não sabe o significado. O que não quer dizer que Libra não seja sensual, mas sua sensualidade preza pela estética e pelo bom gosto. Libra é sociável e Escorpião anti social, na maioria das vezes. O ponto mais problemático desse casal, certamente será a grande necessidade que Libra tem de estar acompanhado de pessoas e de uma vida social ativa e movimentada.

Escorpião é conhecido de todos por sua qualidade solitária, sempre acompanhado das pessoas mais próximas da família ou de pouquíssimos amigos. Se cada um puder entender as necessidades do outro e isso é fácil para Libra e não muito fácil para Escorpião, se cada um der o espaço necessário para que o outro possa se expressar livremente, tudo pode correr bem.

Como Escorpião é visceral, o famoso ciúme escorpiano e a necessidade de manipulação que possuem pode também assustar nosso cordato libriano, assim como a necessidade de uma boa briga de vez em quando, coisa que pode horrorizar um típico libriano. Isso sim fará com que Libra saia disfarçadamente pela primeira porta que encontrar.

Escorpião e Escorpião

Dois filhos do elemento água e regidos pelo poderoso Plutão juntos indica uma relação intensa e perigosa de tudo ou nada. Profundidade e paixão serão as marcas desta explosiva relação. No início, a paixão vai dominar o relacionamento, e o sexo pode ser o melhor que os dois já experimentaram. A intensidade poderia ser assustadora para outros signos, mas não para Escorpião, pois essa é a linguagem que ambos conhecem melhor. Amor, arrebatamento, paixão, intensidade, mas explosão, brigas, ciúmes e discussões serão as marcas mais fortes desse relacionamento.

Se houver maturidade, ele vai durar a vida toda, mas, se não houver, a profunda sombra de ambos destruirá o relacionamento. O mais importante para que este casal funcione é cada um saber até onde pode ir, o limite do quanto o outro suporta, o respeito acima de qualquer coisa, para que a destrutividade não consuma o relacionamento. Se os limites forem ultrapassados, esse relacionamento pode tornar-se tirano e perigoso.

Uma relação à la “Atração Fatal” pode nascer dessa mistura. Se o ciúme, a possessividade, a necessidade de controle, manipulação e chantagem não forem controlados, esse relacionamento pode terminar de forma infeliz deixando muitas marcas em ambos. Se houver maturidade e compreensão, como já disse, o melhor de cada um pode emergir, como a fidelidade, a necessidade de afeto e contato físico, a sensualidade e a lealdade sempre presentes em pessoas desse signo.

O casamento pode ser uma meta, se um sentir uma boa resposta emocional do outro. O amor brota e é construído de maneira intensa, mas respeitosa. O amor pela casa, pela manutenção da família, pelos filhos que certamente virão, pelos gostosos almoços com amigos mais íntimos será também um ponto forte desse casal. Pessoas tão profundas, emocionais, leais e misteriosas têm tudo para dar certo.

A sensualidade será o ponto mais forte desse casal. O sexo deve funcionar como um encontro de almas além do encontro físico para que a harmonia e a integração seja satisfatória.

Escorpião e Sagitário

Essa mistura só vai dar certo se houver pontos em comum nos mapas de ambos, pontos que sintonizem com Escorpião ou Sagitário. Se não houver, o ciúme, a necessidade de controle e o excesso de possessividade escorpianos farão com que nosso amigo ou amiga de Sagitário encontre rapidamente a porta de saída.

Sagitarianos são filhos do fogo, é um signo que a conquista da independência é o foco principal de suas vidas. Funcionam a partir de processos mentais, elaboram a vida através da percepção mental e não das emoções. Escorpianos são visceriais, emotivos e altamente controladores. Ciumentos e manipuladores, deixarão nosso transparente amigo de Sagitário, de cabelos em pé. Sagitário não suporta joguinhos manipulatórios e quando perceberem a facilidade que Escorpião tem de jogar esses jogos, vão dizer um adeus bem dito, em alto e bom som. Nada pior para Sagitário do que alguém controlando seus passos, desconfiando de cada atitude ou palavra, questionando seus horários e atividades.

Sagitarianos não suportam isso. Este relacionamento tem tudo para dar errado, pelo menos a longo prazo. A princípio o gosto pelo sexo livre pode atrair um ao outro e trazer momentos de grande prazer aos dois. Podem aventurar-se juntos, viajar, participar de grupos de meditação ou esotéricos, mas só. Conforme o tempo passa, os conflitos tendem a aparecer e podem até se tornar sérios. Sagitário não permite o controle e não tem medo de embates. Costumam ser pessoas boas de briga e que não desistem enquanto não sairem vencedores.

Escorpião é estável e leal em seus relacionamentos, o que muitas vezes nosso amigo centauro pode não ser. Não vamos esquecer que Sagitário é cria de Zeus, e a fidelidade não é muito o seu forte. O melhor que ambos têm a fazer é deixar as coisas na superficialidade, pois o aprofundamento da relação pode trazer problemas para ambos.

Escorpião e Capricórnio

Esta pode ser uma interessante combinação, contanto que um não tente dominar o outro da mesma maneira. Se conseguirem superar e respeitar as diferenças e as semelhanças, que podem estar presas à sombra de cada um, o relacionamento tende a ser bastante bom.

Escorpião é filho de Plutão e possui um mundo emocional altamente rico e profundo. Capricórnio é altamente emocional, mas não costuma expor nada do que sente. Esse pode ser um ponto de conflito, quando Escorpião sentir-se carente e Capricórnio mantiver a distância e a frieza tão comum ao seu comportamento. No entanto, o pragmatismo capricorniano pode funcionar como um chão firme para Escorpião pisar, já que vive num mar de difíceis e incontroláveis emoções.

Capricórnio é estável emocionalmente, mas pode ser muito frio quando de trata de paixões, o que pode ser outro ponto difícil para o casal. As cobranças escorpianas, ou a insatisfação velada pode, com o tempo, envenenar a relação.

Ambos sabem ser frios e cínicos quando querem e quando a raiva tomar conta deles, em uma briga por exemplo, tudo pode ficar muito complicado para os dois. Vai ser como uma disputa de braço de ferro e nem um nem outro vai querer abrir mão de si mesmo pelo outro. Quando existe maturidade, o relacionamento pode ser muito bom e equilibrado, pois possuem alguns pontos em comum. Ambos são ambiciosos e um pode ajudar o outro no alcance de seus objetivos: Escorpião é sensível e intuitivo e Capricórnio sabe concretizar rapidamente qualquer projeto ou idéia.

Ambos são determinados e por isso quando decidirem por algo nada e ninguém conseguirá detê-los. Se estiverem juntos em um projeto, seja pessoal ou profissional, certamente o projeto será um sucesso. Precisam apenas controlar a obsessividade e necessidade de controle, pois isso pode ser um problema nessa relação.

Capricórnio é sério, o que dará a segurança necessária ao desconfiado Escorpião. Escorpião é fiel e leal, o que dá a Capricórnio o ímpeto de lutar pela relação, de construir uma vida ao lado de seu companheiro ou companheira. Portanto, esse relacionamento tem tudo para dar certo, desde que saibam os limites de cada um, pois ambos são autoritários e teimosos.

Escorpião e Aquário

A atração pode ser imediata, mas este é um casal que dificilmente vai funcionar com equilíbrio. Signos de água com signos de ar dificilmente dão certo.

Escorpião, filho de Plutão, o Senhor dos infernos, é um signo de água, de pessoas que possuem as emoções à flor da pele, visceriais, controladoras e ciumentas. Escorpião é forte, intenso, apaixonado, se entrega com facilidade e não vive sem uma boa briga. Sem falar na necessidade de controle, do ciúme e do sentimento de posse que carrega em si, com naturalidade.

Essas são características suficientes para que nosso amigo aquariano, regido por Urano, o planeta que simboliza a liberdade, saia correndo para bem longe, para nunca mais voltar. Aquário é mental, desapaixonado, independente, odeia cenas emocionais dramáticas, intelectual e preza antes de mais nada por sua liberdade. Dar satisfações de onde vai e a que horas retorna? Isso é para os signos de água, não os de ar ou os de fogo. Aquário, junto com Sagitário, é o signo mais independente do zodíaco, que não entendem porque as pessoas sofrem de solidão. Aquário não suporta cobranças, muitas perguntas sobre onde estiveram, com quem estiveram e até que horas permaneceram aqui ou ali.

Para Escorpião essas perguntas são naturais e podem respondê-las sem nenhuma tensão ou stres, pois para eles, essas coisas fazem parte de qualquer relacionamento. Mas não para Aquário. Quando Escorpião percebe que não consegue “possuir” nosso amigo aquariano, ele apela para as chantagens e manipulações. Escorpião ficará furioso cada vez que Aquário simplesmente ignorar seus questionamentos, pois, depois de algum tempo, é isso mesmo que Aquário vai fazer. Isso é a morte decretada para nosso vingativo Escorpião.

A partir disso a guerra é anunciada e o melhor que se tem a fazer, é cada um ir para o seu lado. Certamente este é um relacionamento que não deve passar do casual. Caso contrário é quase certo o sofrimento principalmente para Escorpião, que se apega com muita facilidade.

Escorpião e Peixes

Dois signos de água juntos pode ser uma ótima mistura quando se trata de amor e paixão. Este pode ser um bom relacionamento, já que os dois vibram na mesma sintonia. O mundo emocional é onde eles nadam com maior facilidade nesta vida e um pode ajudar um ao outro, a salvar-se da miséria emocional que reside neste mundo.

Somente um signo de água pode entender a insatisfação de outro signo aquático e Escorpião, com sua profundidade e facilidade de contato com sua própria miséria, pode compreender a dificuldade de Peixes em adaptar-se e viver com tranquilidade e paz neste nundo de desigualdades e poder.

O interesse pela vida além da matéria será um ponto em comum entre esses dois sensíveis e misteriosos signos. A paixão e o interesse são despertados logo no primeiro encontro. Escorpião é intenso e Peixes consegue entender a profundidade de sua intensidade, já que carrega em si a profundidade dos oceanos. O amor e a paixão serão outra forte marca entre os dois. Um se reconhecerá no mundo do outro, encontrando inúmeras afinidades, especialmente emocionais. A sede de um, é saciada pelo outro, mas devem tomar muito cuidado com a dependência emocional que pode surgir de ambas as partes.

Ambos conhecem a sombra humana, as faltas e insatisfações de todos os seres humanos, pois conseguem nadar profundamente em suas próprias águas. Nem mesmo o sentimento de posse e o excesso de ciúme podem assustar Peixes, que deixará Escorpião usar e abusar do excesso de autoridade e comando. Não haverá nenhuma competitividade, pois Peixes não só não liga, mas não pretende de maneira alguma exercer qualquer tipo de poder sobre o outro.

Peixes dará a Escorpião a paz que tanto procura, o conforto e a segurança emocional que quase nunca vivencia, já que é um signo que busca, acima de qualquer coisa, a paz e profunda tranquilidade e aquiescência. Na cama a emoção e as paixões darão o tom da profundidade do encontro.